Brasil recebe festival de curtas-metragens de Barcelona

SÃO PAULO ¿ O Festival de Curtas-metragens de Barcelona Mecal será realizado pela primeira vez no Brasil, de amanhã a domingo, na Sala Lima Barreto do Centro Cultural São Paulo.

EFE |

O Instituto Cervantes de São Paulo, organizador do festival, comunicou hoje que a edição brasileira exibirá 13 curtas-metragens legendados em português e contará com a presença de Roberto Barrueco, diretor do Mecal de Barcelona.

Na lista de produções, em sua maioria de novos e jovens diretores, aparecem "Bendita Máquina", de Jossie Malis, "Invulnerável", de Álvaro Pastor, "Meu tio Paco", de Tacho González, e "Tocata e Fuga", de Alex O'Dogherty.

"O cerco", de Ricard Iscar e Nacho Martín; "Cerca", de Aitor Echeverría; "Vestido novo", de Sergi Pérez; "De Boa Amanhã", de Isak Férriz; "Sofia", de Álvaro Brechner; "O ponto cego", de Alex Montoya e Raúl Navarro; "24 Instantes", de Daniel Chamorro; "Carne de Neón" e "Eu cão", de Asier Salazar, completam a lista.

A instituição de divulgação do idioma espanhol no mundo promove também em São Paulo para os dias 11 e 12 de novembro o debate "José Ortega y Gasset e a singularidade ibérica", sobre a leitura da obra do filósofo e ativista político espanhol (1883-1955).

O encontro será moderado por Antonio Elorza, historiador da Universidade Complutense de Madri, e será realizado dias depois da mesa redonda "Alfonso Reyes - Monterrey desde Brasil", com a participação do escritor mexicano Héctor Perea, especialista na obra de Reyes (1889-1959).

Leia mais sobre: curta-metragem

    Leia tudo sobre: curta-metragemespanha

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG