Brasil precisa revitalizar exército para defender Amazônia, diz ministro Marco Aurélio

BRASÍLIA - O assessor especial para assuntos internacionais da Presidência da República, Marco Aurélio Garcia, admitiu o sucateamento do Exército brasileiro e disse que um trabalho para revitalizar as Forças Armadas está sendo conduzido pelo ministro da Defesa, Nelson Jobim. De acordo com ele, existe vulnerabilidade na Amazônia.

Severino Motta - Último Segundo/Santafé Idéias |

"Temos que recuperar nosso Exército", citou, alegando que a disposição das tropas no Brasil seguiram uma ordem histórica confusa, principalmente devido aos reforços na região sul, quando o País ainda acreditava numa guerra com a Argentina.

Em relação aos investimentos que a Venezuela está fazendo em armamentos, Garcia alegou que o país vizinho e o Brasil tem seus exércitos sucateados. Somente a Colômbia, Chile e Peru contam com exércitos de vigor na América do Sul. Por isso, diz ele, não há corrida armamentista e nem risco da Venezuela invadir algum território vizinho.

    Leia tudo sobre: amazoniaamazônia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG