Brasil participa com cinco filmes do Festival de Veneza

VENEZA ¿ Dois longa-metragens filmados no Brasil disputam o Leão de Ouro na 65ª edição do Festival de Cinema de Veneza, a mostra cinematográfica mais antiga do mundo, entre 27 de agosto e 6 de setembro. Birdwatchers, do italiano Marco Bechis, e Plastic City, do chinês Yu Lik-wai, são co-produções internacionais com a Gullane Filmes, com equipe e elenco brasileiros. Outros três filmes nacionais serão exibidos no festival, entre eles Encarnação do Demônio, a volta às telas de José Mojica Marins, o Zé do Caixão.

Redação com agências |

Guarani-Kaiowà em "Birdwatchers"
 Divulgação / Marie Hippenmeyer

Os concorrentes foram anunciados na manhã desta terça-feira pelo presidente do festival, Paolo Baratta. O júri que vai decidir os vencedores será presidido pelo cineasta alemão Wim Wenders, ao lado da argentina Lucrecia Martel, John Landis ("Os Irmãos Cara-de-Pau") e da atriz italiana Valeria Golino, entre outros integrantes. Os prêmios principais de Veneza são melhor filme, diretor, ator e atriz, ator e atriz novatos, contribuição técnica e roteiro.

"Birdwatchers" registra o cotidiano dos índios Guarani-Kaiowà em Dourados, no Mato Grosso do Sul, suas disputas por terra com fazendeiros, a falta de dinheiro e o problema com uma onda de suicídios na tribo, marcada pelos conflitos culturais. Protagonizado pelos próprios índios, o filme ainda tem no elenco Matheus Nachtergaele e Leonardo Medeiros.

Já "Plastic City" retrata as atividades escusas da máfia chinesa, a Yakuza, em uma São Paulo que foge um pouco da realidade, onde neva e há um porto. Efeitos digitais e lutas com espadas de samurai prometem trazer novidade para o gênero de ação produzido no Brasil.

A competição principal conta ainda com os celebrados norte-americanos Darren Aronofsky ("Pi", "Réquiem para um Sonho"), que apresenta "The Wrestler", com Mickey Rourke, enquanto Jonathan Demme ("O Silêncio dos Inocentes", "Sob o Domínio do Mal") mostra "Rachel Getting Married", estrelado por Anne Hathaway. Na linha de frente também figuram o japonês Hayao Miyazaki ("Viagem de Chihiro"), que traz sua nova animação, "Ponyo On The Cliff By The Sea", o veterano Barbet Schroeder ("Inju, la Bete dans l'Ombre") e a estréia do escritor e roteirista mexicano Guillermo Arriaga ("Amores Brutos", "Babel") atrás das câmeras, "The Burning Plain".

O homenageado desta edição será o diretor egípcio Yussef Chahine, que faleceu no último final de semana. "A 65ª Mostra será dedicada a Yussef Chahine, um cineasta único: ele conseguiu reunir o filósofo Averroès e Fred Astaire. É isso que deveria ser o cinema", declarou o diretor do festival, Marco Müller.

Os brasileiros participam das mostras paralelas de Veneza com outros três filmes. Fora de competição, serão exibidos "Encarnação do Demônio", final da trilogia de José Mojica Marins para o terrível Zé do Caixão, e "Do Visível ao Invisível", curta-metragem do português Manoel de Oliveira, filmado na capital paulista com o diretor da Mostra de Cinema de S. Paulo, Leon Cakoff. Na mostra "Horizontes", será exibido "A Erva do Rato", de Júlio Bressane e Rosa Dias, com Alessandra Negrini e Selton Mello.

A abertura do Festival de Veneza será realizada em 27 de agosto com a exibição de "Burn After Reading", primeiro trabalho dos irmãos Coen após o sucesso de "Onde os Fracos Não Têm Vez" no Oscar deste ano.

O suspense, no entanto, fica por conta da ameaça de boicote por parte dos maiores produtores e distribuidores do cinema italiano, que anunciaram em junho a possibilidade de não participarem do festival, em protesto contra o fim dos incentivos fiscais para as empresas que investem no setor.

Veja abaixo a lista dos filmes em competição:

"The Wrestler", Darren Aronofsky
"The Burning Plain", Guillermo Arriaga
"Il papa di Giovanna", Pupi Avati
"Birdwatchers", Marco Bechis
"L'Autre",Patrick Mario Bernard e Pierre Trividic
"The Hurt Locker", Kathryn Bigelow
"Il seme della discordia", Pappi Corsicato
"Rachel Getting Married", Jonathan Demme
"Teza", Haile Gerima
"Paper Soldier", Aleksey German Jr
"Sut", Semih Kaplanoglu
"Achilles And The Tortoise", Takeshi Kitano
"Ponyo On The Cliff By The Sea", Hayao Miyazaki
"Vegas: Based On A True Story", Amir Naderi
"The Sky Crawlers", Oshii Mamoru
"Un giorno perfetto", Ferzan Ozpetek
"Jerichow", Christian Petzold
"Inju, la Bete dans l'Ombre", Barbet Schroeder
"Nuit de chien", Werner Schroeter
"Inland", Tariq Teguia
"Plastic City", Yu Lik-wai

Leia mais sobre: Festival de Veneza

    Leia tudo sobre: festival de veneza

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG