Em seu programa semanal de rádio, o presidente Lula condenou o golpe de Estado que depôs ontem (28) o presidente de Honduras, Manuel Zelaya. Segundo Lula, a única forma de o país continuar mantendo relações com o governo hondurenho é a volta ao poder do presidente eleito pelo povo.

Não tem contemporização, não tem meio termo, nós temos que condenar este golpe. Nós não podemos aceitar ou reconhecer qualquer novo governo que não seja o presidente do Zelaya, porque ele foi eleito diretamente pelo voto, cumprindo as regras da democracia, criticou o presidente. Portanto, se Honduras não rever a posição, vai ficar totalmente ilhado no meio de um contingente enorme de países democráticos, acrescentou Lula.

Confira a íntegra do 'Café com o Presidente' no Congresso em Foco

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.