A população brasileira está ficando mais velha indica a Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (Pnad), divulgada nesta sexta-feira pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Conforme o estudo, em 2008, o número de pessoas com mais de 40 anos cresceu 4,5% em relação a 2007.

As regiões Sul e Sudeste são as que apresentam o maior percentual de pessoas com mais de 40 anos, com 38,1% e 37,9%, respectivamente. O Rio de Janeiro é o Estado mais velho do País, com um percentual de pessoas com 60 anos ou mais que chega a 14,9%. Em seguida, está o Rio Grande do Sul, com 13,5%.

Ao todo, há no Brasil, conforme a pesquisa, 97,5 milhões (51,3%) de mulheres e 92,4 milhões (48,7%) de homens. Regionalmente, as mulheres são maioria em quase todas as regiões, sendo que apenas no Norte elas se equiparam ao total de homens.

E a população feminina continua a ser a que mais envelhece. Em 2008, 12,1% do total de mulheres tinham 60 anos ou mais, enquanto nos homens este índice foi de 10%. Na faixa etária de 0 a 4 anos elas também são minoria: 6,9% contra 7,5%, dos homens. 

iG

Os mais jovens

A região Norte se destaca por ser a que mantém a maior população de 0 a 14 anos, com 31,4% do total. È a única também que tem o número de crianças de 0 a 4 anos (1,4 milhão) superior ao de pessoas com 60 anos ou mais (1,1 milhão). A faixa etária de 15 a 39 anos é onde está a maior parte da população do Norte, com 43,5%.

Os Estados com os maiores percentuais de pessoas de 0 a 4 anos de idade são Acre (11%), Roraima (10,2%) e Amazonas (10,1%).

Veja os principais dados da Pnad 2008:

Leia mais sobre: Pnad

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.