BRASÍLIA ¿ O ministro da Secretaria Especial de Portos, Pedro Brito, informou nesta segunda-feira que o Brasil irá devolver os despejos de lixo vindos da Inglaterra para os portos brasileiros. ¿Nós vamos devolver, não tem nenhum cabimento estarmos recebendo qualquer tipo de lixo¿, disse o ministro após reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Segundo Brito, a Receita Federal e a Polícia Federal estão tomando todas as providências para resolver o problema e evitar que casos como esse aconteçam novamente. No início do mês, a Polícia Federal abriu inquérito para investigar o despejo de mais de mil toneladas de lixo vindos da Europa.

Em Santos, no litoral de São Paulo, foram encontradas 300 toneladas de lixo. No porto de Rio Grande, no Rio Grande do Sul, outras 740 toneladas foram isoladas. No complexo do porto seco da Serra Gaúcha, em Caxias do Sul, chegaram quase 150 toneladas de resíduos em oito contêineres.

AE
Lixo em contêiners em Santos

Para Brito, é importante que haja uma maior fiscalização nos portos antes dos contêineres chegarem ao Brasil. Essa seria uma forma de evitar que eles sejam descarregados aqui, completou.

Investigação da Polícia Federal

O carregamento começou a chegar em fevereiro, mas só em junho a Receita Federal localizou 64 contêineres. A carga entrou no País como se tivesse sido importada por duas empresas brasileiras.

A Polícia Federal trabalha com a hipótese de que brasileiros estejam envolvidos no transporte ilegal de lixo . De acordo com a assessoria de imprensa da Polícia Federal, há dois inquéritos para investigar a origem do lixo e por que os contêineres vieram do Reino Unido para o Brasil.

Na semana passada, foram encontrados mais 25 contêineres no Porto de Santos. "É o mesmo tipo de lixo encontrado nos outros carregamentos, mas com lixo tecnológico junto, como caixas de CDs e peças de computadores", disse Ingrid Oberg, chefe regional do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (Ibama) em Santos.

Segundo Ingrid, a multa a ser paga pela importadora e transportadora dos contêineres repletos de lixo doméstico deve ser definida nesta segunda-feira.

(*com informações das agências Estado e Brasil)

Leia mais sobre lixo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.