Brasil lidera tempo de acesso residencial à internet

O Brasil continua a ser o País que registra o maior tempo médio mensal de navegação residencial por internauta, 23h51 em março, aumento de 1 hora e 27 minutos em relação a fevereiro e acréscimo de 2 horas e 56 minutos ante o mesmo período de 2007. No ranking, o Brasil é seguido por França (21h30), Estados Unidos (20h24), Japão (20h21) e Alemanha (19h09).

Agência Estado |

Os dados são os maiores já registrados pelo Ibope/NetRatings desde setembro de 2000.

A pesquisa concluiu ainda que o número de internautas residenciais ativos em março de 2008 cresceu 3,2%, atingindo 22,7 milhões de usuários, 40% mais do que em março de 2007. O gerente de análise do Ibope/NetRatings, ressaltou que a economia está num bom momento, "há um bom número de trabalhadores com carteira assinada, portanto com maior possibilidade de obter financiamento para comprar um computador para a família". Segundo ele, esses fatores possibilitam a participação da classe C entre os internautas, o que aumenta significativamente o número de usuários.

As categorias que registraram o melhor desempenho por número de usuários residenciais em março, na comparação a fevereiro, foram "ocasiões especiais", impulsionada pelos sites de envio de cartão comemorativo, especialmente por causa do Dia Internacional da Mulher, com crescimento de 27,2% e atingindo 3,8 milhões de internautas; "educação e carreira", especialmente os sites ligados à educação, que cresceu 13,8% e recebeu 12,3 milhões de visitantes; "crianças, games infantis e brinquedos" e "religião e espiritualidade", com 13,4% de aumento, e visitas de 10,8 milhões de pessoas; "governo e empresas sem fins lucrativos", que cresceu 12,3% em número de usuários, atingindo 11,6 milhões de brasileiros e "casa e moda", cujo crescimento no período atingiu 8,7%, com visita de 7,4 milhões de brasileiros.

Já no período de um ano, que registrou um aumento de 39,9% em número de usuários da internet residencial ativa, algumas categorias cresceram muito mais: "informações corporativas" (67%), "casa e moda" (56,9%), "viagens e turismo" (56,8%), "família e estilo de vida" (50,3%) e "educação e carreira" (49,2%).

Ambientes

O número total de pessoas com acesso à internet continua sendo de 40 milhões, considerando todos os ambientes (residência, trabalho, escola, cybercafé, bibliotecas, telecentros etc). Esse número é relativo ao quarto trimestre de 2007 e inclui pessoas com 16 anos de idade ou mais. O número de pessoas com acesso residencial à internet, em março de 2008, também continua o mesmo, 34,1 milhões de indivíduos.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG