Brasil fecha acordo para produzir vacinas contra meningite e pneumonia

A Fundação Oswaldo Cruz (FioCruz) fechou acordo, hoje, com a multinacional inglesa GlaxoSmithKline (GSK) para a transferência de tecnologia referente à produção de vacinas contra meningite bacteriana, pneumonia e otite média aguda. O imunizante será fabricado pela FioCruz e incluído na Programa Nacional de Imunizações (PNI), do Ministério da Saúde.

Agência Estado |

"Hoje, essa vacina está acessível apenas a quem pode pagar cerca de R$ 500 no mercado privado. A partir do próximo ano, estará disponível gratuitamente no SUS”, disse o ministro da Saúde, José Gomes Temporão, em cerimônia de assinatura do acordo.

Segundo o Ministério da Saúde, a Fiocruz entregará anualmente 13,1 milhões de doses da vacina, quantidade suficiente para imunizar os 3,2 milhões de bebês que nascem a cada ano. Além da incorporação da nova vacina ao PNI e da transferência gradual de tecnologia para produção no Brasil, o acordo firmado entre a Fiocruz e a GSK define uma parceria para a instalação, na Fiocruz, de plataformas para pesquisa e desenvolvimento de vacinas contra dengue, febre amarela e malária vivax.

AE

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG