Brasil está presente na mostra oficial de Cannes

O filme Linha de Passe, de Walter Salles e Daniela Thomas, foi selecionado para a mostra oficial do 61º Festival de Cannes, que acontecerá entre 14 e 25 de maio, anunciou a organização do evento nesta quarta-feira.

Redação com AFP |

Salles terá como adversários na disputa pela Palma de Ouro nomes consagrados do cinema mundial, como Clint Eastwood, Steven Soderbergh e Wim Wenders.

Fora de competição, Cannes marcará as pré-estréias de "Indiana Jones IV", de Steven Spielberg, e do filme mais recente de Woody Allen, "Vicky Cristina Barcelona", rodado na Espanha com os astros locais Penélope Cruz e Javier Bardem, além da americana Scarlett Johansson, nova musa do diretor.

Além de "Linha de Passe", o Brasil também estará representado no festival por dois filmes na mostra paralela A Certain Regard: "A Festa da Menina Morta", estréia na direção do ator Matheus Nachtergaele, e "Afterschool", primeiro longa-metragem do brasileiro-americano Antonio Campos.

Vinte filmes figuram na seleção oficial da mostra competitiva, divulgada nesta quarta-feira em entrevista coletiva pelo diretor geral e pelo presidente do festival, respectivamente Thierry Frémaux e Gilles Jacob.

O cinema sul-americano terá, além de Walter Salles, dois representantes argentinos na disputa pela Palma: "La mujer sin cabeza" de Lucrecia Martel, e "Leonera", de Pablo Trapero.

O cinema americano está representado por dois grandes diretores: Clint Eastwood, com "The Changeling", thriller que tem como estrela Angelina Jolie, e Steven Soderbergh, com "The Argentine", sobre a vida de Che Guevara, interpretado por Benicio Del Toro.

O canadense Atom Egoyan com "Adoration" e o alemão Wim Wenders con "The Palermo shooting" também estão presentes na mostra oficial.

Os cineastas franceses Arnaud Desplechin, com "Un conte de Noël", e Philippe Garrel, com "La frontière de l'aube", o turco Nuri Bilge Ceylan, com "Daydreams", e os belgas Luc e Jean-Pierre Dardenne, com "Le silence de Lorna", também foram selecionados.

O júri será presidido neste ano pelo ator e cineasta norte-americano Sean Penn, que integrará a mesa ao lado de Natalie Portman e Alfonso Cuarón, entre outros realizadores do cinema mundial.

Leia mais sobre: Festival de Cannes

    Leia tudo sobre: festival de canneswalter salles

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG