Brasil enviará alimentos e remédios a Gaza

SÃO PAULO (Reuters) - Um avião da Força Aérea Brasileira partirá do Rio de Janeiro, na sexta-feira, com cerca de 14 toneladas de alimentos e medicamentos para ajudar os afetados pelas operações militares de Israel na Faixa de Gaza, que já duram mais de dez dias. Segundo o Ministério das Relações Exteriores, o envio atende a um pedido feito no último dia de 2008 pela Delegação Especial da Palestina no Brasil. O avião com a ajuda brasileira deve chegar à Jordânia no dia 11 e o carregamento será levado à Faixa de Gaza por terra com a ajuda de instituições de caridade jordanianas.

Reuters |

O governo brasileiro, por meio de notas divulgadas pelo Itamaraty, já afirmou que "deplora" a escalada militar em Gaza e considerou "desproporcional" a resposta israelense ao lançamento de foguetes por militantes do Hamas contra o território israelense. Israel lançou no dia 27 de dezembro uma ofensiva aérea contra alvos do Hamas em Gaza e neste fim de semana ampliou as operações militares com incursões por terra.

Além de pedir uma trégua imediata entre ambas as partes, o Brasil tem defendido a realização de uma reunião entre líderes mundiais para restabelecer a paz na região.

"O presidente Lula já pediu uma reunião de emergência para trabalhar por um cessar-fogo e o Brasil tem responsabilidades muito sérias, ainda mais levando em consideração que nós temos grandes colônias de judeus e de árabes. Eles aqui convivem pacificamente, por isso temos todos os motivos para pedir a paz", disse o vice-presidente José Alencar.

Ele acrescentou que o Brasil vê "com tristeza" os ataques a Gaza, mas "a gente não deve entrar no mérito das razões".

Até agora, segundo autoridades palestinas e médicos, mais de 600 palestinos morreram e mais de 2.700 ficaram feridos nos ataques israelenses, a maioria deles civis. Dez israelenses também morreram nos conflitos, sendo 3 civis vítimas de foguetes lançados por palestinos.

(Reportagem de Eduardo Simões)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG