Brasil envia 2a carta à ONU sobre ameaças do governo de Honduras

BRASÍLIA (Reuters) - O Ministério das Relações Exteriores enviou nesta segunda-feira a segunda carta ao Conselho de Segurança da Organização das Nações Unidas (ONU) expressando preocupação com as ameaças e o ultimato feitos pelo governo de facto de Honduras. Segundo a assessoria de imprensa do Itamaraty, o chanceler Celso Amorim conversou com o secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, o secretário-geral da Organização dos Estados Americanos (OEA), José Miguel Insulza, e a secretária de Estado norte-americana, Hillary Clinton, sobre o assunto.

Reuters |

(Reportagem de Fernando Exman)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG