Brasil e Peru desfilam no Salão Prêt-à-Porter Paris

A moda do Brasil e do Peru terá lugar de destaque no Salão Prêt-à-Porter Paris, quando a Cidade Luz sedia sua próxima edição, de 5 a 8 de setembro.

AFP |

Uma grande exposição de moda brasileira está marcada para o salão parisiense, em parceria com o Fashion Business, do Rio de Janeiro. Marcia de Carvalho, Carol Rossato, Kylza Ribas, Gisele Barbosa, Mina d'Água, Marcia Ganem e Natural Fashion, entre outras marcas brasileiras, vão apresentar suas peças na mostra.

Também será firmado um acordo de cooperação entre o presidente da Federação Francesa de Prêt-à-porter, Jean-Pierre Mocho, e o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Rio de Janeiro (Firjan), Eduardo Eugênio Gouvêa Vieira, segundo os organizadores do salão parisiense.

Essa associação "permitirá que as modas francesa e brasileira se aproximem durante os eventos: desfiles, seminários, exposições", explicaram os organizadores.

Um acordo similar une a Federação Francesa do setor e a Comissão de Promoção das Exportações do Peru (Promperu), no âmbito do qual a moda e a indústria têxtil peruanas mostrarão sua criatividade no evento parisiense, com uma presença cada vez mais importante.

Os estilistas peruanos Ani Alvarez Calderón, Claudia Bertolero, Roger Loayza, Gerardo Privat e José Miguel Valdivia apresentarão suas coleções na sexta-feira e no sábado, em dois desfiles coletivos, com o tema "Pima do Peru, o algodão mais suave do mundo". O último desfile desses estilistas, na temporada passada, teve como tema a alpaca, fibra muito popular no mundo inteiro.

Um estande da PeruModa e outro de jóias de prata da designer Giuliana Tomasio vai mostrar todas as matizes da criação de moda peruana. Com mais de 1.500 marcas de todo o mundo e à espera de 43.000 profissionais de moda e mais de mil jornalistas, o Salão Prêt-à-Porter Paris é uma das maiores exposições mundiais do setor.

São diversos espaços dedicados a diferentes setores da moda: Atmosphère d'été, que apresenta a vanguarda internacional da criação de moda e acessórios; Casabo, destinado à moda mestiça e à transversalidade; BeTwin, que expõe uma moda jovem e criativa, acessível para todos; e, como não poderia faltar, So Ethic, dedicado à moda do comércio justo e da preservação do meio ambiente.

O Salão Prêt-à-Porter Paris propõe ainda desfiles para revelar as criações de estilistas da França e do restante do mundo, exposições que relacionam moda e outros universos criativos e um dos assuntos mais populares no setor, atualmente: a pesquisa de tendências.

mc/cr/tt

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG