Brasil e Irã devem discutir fim de vistos

O encontro entre os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Mahmoud Ahmedinejad, no dia 23 de novembro, em Brasília, pode resultar no fim da exigência de vistos entre Brasil e Irã. A aposta é do vice-ministro das Relações Exteriores do Irã, Alireza Salari, em entrevista à Agência Brasil.

Agência Estado |

Se a previsão se concretizar, o País será um dos poucos a não exigir visto para cidadãos iranianos.

Os perfis complementares de Brasil e Irã são, para o diplomata, o principal motivo para a procura de integração. "Há muita complementaridade na atividade produtiva dos dois países. O Brasil pode nos fornecer tecnologia de produção agrícola e nós insumos petroquímicos e adubos", disse.

Salari, no entanto, parece se preocupar com uma reação negativa por parte, principalmente, dos israelenses. "Eles são inimigos da democracia na América Latina. Basta ver o que ocorreu agora em Honduras. Esses grupos não querem o desenvolvimento das relações do Irã com o Brasil", disse Solari em entrevista à "Agência Brasil".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG