HAIA (Holanda) - O presidente Luiz Inácio Lula de Silva e a primeira-dama Marisa Letícia se reuniram, na tarde desta quinta-feira, 10, com a rainha da Holanda, Beatrix. Em visita à cidade de Haia, o presidente informou que vai propor um acordo de cooperação jurídica entre os dois países. O presidente deu a declaração ao ser questionado por um jornalista holandês sobre o caso de dois holandeses presos por pedofilia no Brasil, mas que teriam conseguido sair do país.

Como os dois países não têm um acordo de extradição, os holandeses não puderam ser levados de volta ao Brasil e nem julgados de acordo com a lei brasileira.

Os ministros da Justiça do Brasil e da Holanda vão conversar para ver qual encaminhamento podem dar. A única coisa que posso afirmar para vocês é que a pedofilia é algo inadmissível, seja ela

praticada por brasileiros, holandeses, japoneses ou chineses, disse o presidente depois de reunião com o primeiro-ministro Jan Peter Balkenende, na sede do Parlamento.

Leia mais sobre: Lula - Holanda

    Leia tudo sobre: lula
    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.