Brasil é 62º em ranking de sustentabilidade ambiental

O Brasil ocupa a 62ª posição entre os países com melhor gestão no controle da poluição ambiental e nos recursos naturais, segundo um ranking publicado nesta quinta-feira no Fórum Econômico Mundial de Davos, na Suíça.

EFE |

O Índice de Sustentabilidade Ambiental 2010, elaborado por uma equipe de especialistas das universidades americanas de Yale e Columbia, classifica 163 países em dez categorias ambientais. Entre elas, estão qualidade do ar, gestão de água, biodiversidade, pesca e agricultura, assim como o combate à mudança climática.

Os Estados Unidos situam-se uma posição à frente do Brasil, muito atrás de outros países industrializados, devido principalmente às emissões de carbono e da fraca política de controle da poluição.

À frente dos EUA situam-se 20 membros da União Europeia, como o Reino Unido (14ª), Alemanha (17ª) e Espanha (25ª), além do Japão, na 20ª colocação.

O ranking é encabeçado pela Islândia, seguida da Suíça e da Costa Rica. Os primeiros postos se concederam em razão dos investimentos que esses países fizeram em infraestrutura meio ambiental, controle da poluição e outras políticas focalizadas à sustentabilidade a longo prazo.

Além da Costa Rica, outros três países latino-americanos se encontram entre os 20 primeiros postos: Cuba (9ª), Colômbia (10ª) e Chile (16ª). Já o Haiti aparece entre os últimos da lista, na 155ª colocação.

Entre os países emergentes, China e Índia se situam, respectivamente, nas posições 121 e 123 do ranking, o que reflete o impacto do rápido crescimento no meio ambiente. A Rússia, por outro lado, está na 69ª posição.

Nos últimos lugares do Índice aparecem cinco países africanos: Togo, Angola, Mauritânia, a República Centro-Africana e Serra Leoa.

Leia mais sobre: sustentabilidade

    Leia tudo sobre: sustentabilidade

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG