Brasil deve assumir a liderança pela integração da América do Sul, diz Lula

BRASÍLIA ¿ Em seu programa de rádio ¿Café com o presidente¿, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse nesta segunda-feira que o Brasil tem que assumir definitivamente a responsabilidade pela integração da América do Sul. Ele comentou a necessidade de incrementar as importações e exportações com os países vizinhos e defendeu a liderança brasileira na região.

Redação |

O presidente pontuou a importância da rodovia Rurrenabaque-Riberalta, que ligará o Brasil à Bolívia, e permitirá uma saída comercial pelo Pacífico, além de uma maior integração com os membros da Comunidade Andina, bloco que envolve o País presidido por Evo Morales, Colômbia, Peru e Equador.

A um País como o Brasil não interessa ser apenas um País grande e economicamente forte, com um monte de gente pobre do seu lado. É preciso que todos cresçam, que todos tenham condições de se desenvolver, disse, alegando que é necessário equilibrar as balanças comerciais da região.

O presidente comentou o déficit comercial com a Bolívia, em virtude das importações de 30 milhões de metros cúbicos de gás e do superávit em relação à Colômbia. Então nós precisamos equilibrar essa relação comercial, seja com a Colômbia, com a Bolívia, com a Argentina, com o Equador, com o Paraguai, com o Uruguai, com o Chile. Esse equilíbrio é que vai permitir que a gente possa viver tranqüilamente e em paz no nosso continente.

Lula também acentuou o papel de liderança do País na formação do bloco político da Unasul, constituída em Brasília, neste ano, e que integrará os países da América do Sul. Segundo ele, a boa relação com os vizinhos possibilita que determinados impasses - como a recusa da Colômbia em participar do Conselho de Defesa da Unasul - sejam contornados.

Você tem uma fotografia, de um lado, de governantes considerados de esquerda e, do outro lado, de governantes considerados de centro. Qual é o papel do Brasil? É ser uma espécie de ponte que faz a ligação entre todas as correntes políticas da América do Sul porque, como país maior, mais importante, o Brasil precisa trabalhar para que tenha um equilíbrio político, econômico, social e cultural no nosso continente, disse.  

Leia mais sobre: Unasul

    Leia tudo sobre: lula

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG