Brasil confirma decisão de comprar 36 caças franceses

O declaração final do encontro entre os presidentes Luiz Inácio Lula da Silva e Nicolas Sarkozy, da França, ocorrido hoje no Palácio da Alvorada, antecipa a decisão do governo brasileiro de adquirir 36 caças de combate Rafale, da empresa francesa Dassault. Levando em conta a amplitude das transferências de tecnologia propostas e das garantias oferecidas pela parte francesa, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva anunciou a decisão da parte brasileira de entrar em negociações com o GIE Rafale para a aquisição de 36 aviões de combate, diz o comunicado.

Agência Estado |

No documento, Lula e Sarkozy expressam a decisão de fazer do Brasil e da França parceiros estratégicos também no campo aeronáutico.

O texto assinala a intenção do governo francês de comprar 10 aviões de transporte militar KC-390, cujo projeto está sendo desenvolvido pela Embraer e tem produção prevista para começar em 2015. A declaração final do encontro chama ainda a atenção para a finalização dos contratos para a compra, pelo Brasil, de helicópteros franceses de transporte EC 725, quatro submarinos convencionais, além da parceria para a construção de um submarino a propulsão nuclear. Também na área de defesa, a declaração registra a decisão das empresas Agrale e Renault Trucs Défense de se associarem na produção e comercialização de veículos de transporte militar.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG