Brasil ainda tem pouco a comemorar, diz tucano

O presidente nacional do PSDB, senador Sérgio Guerra (PE), avaliou que apesar do crescimento do PIB de 1,9% em relação ao último trimestre, o Brasil ainda tem pouco a comemorar. Em nota divulgada por sua assessoria, Guerra disse que o governo ainda precisa estancar os gastos desnecessários, sob pena de um descontrole fiscal que certamente vai comprometer a retomada da economia e novos cortes na taxa de juros.

Agência Estado |

O tucano também acredita que o Brasil poderia ter sofrido menos os efeitos da crise se o presidente Lula não tivesse "menosprezado a gravidade da crise". No início da crise, o presidente classificou o a crise como uma "marolinha".

Na nota, Sérgio Guerra afirmou: "O governo tem feito comparações com países ricos. Não é o caso. Os países ricos têm infraestrutura pronta. Nós não. Precisamos de muito investimento, em saúde, educação, segurança e em estradas, por exemplo. A comparação correta deve ser com os emergentes, como a China e Índia. Estes dois países estavam crescendo a 11%, 12% ao ano e apenas desaceleraram. Hoje estão na média de 6%, 7% ao ano. Nós estamos ficando para trás".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG