Bope ocupa Ladeira dos Tabajaras e Morro dos Cabritos, em Copacabana

O Batalhão de Operações Especiais (Bope) começou na manhã deste sábado a ocupar a Ladeira dos Tabajaras e o Morro dos Cabritos, em Copacabana, zona sul do Rio. Até o fim da manhã, no entanto, a situação é de tranquilidade. Não houve troca de tiros entre a tropa de elite da Polícia Militar do Rio e bandidos. A ação faz parte da estratégia do governo estadual de instalar as unidades de polícia pacificadoras, as UPPs.

iG Rio de Janeiro |

Pelo menos um blindado (o caveirão) está sendo usado na operação deste sábado. Segundo o capitão Ivan Blaz, da PM, cerca de 80 policiais fazem parte da operação nos morros. Eles invadiram as comunidades pelos três acessos: próximo ao Cemitério João Batista, em Botafogo, pela Rua Sacopã, na Fonte da Saudade, e na Ladeira dos Tabajaras.

O Batalhão de Choque reforçou o policiamento no bairro e nos acessos às comunidades. Policiais do 19º BPM (Copacabana) estão fazendo rondas nos bairros de carro e a pé para evitar tumultos.

A ocupação para a instalação de mais uma UPP havia sido anunciada para a quarta-feira, dia 23 de dezembro. Naquele dia, o governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), inaugurou a UPP nos morros do Cantagalo e Pavão-Pavãozinho, também em Copacabana.

A operação deste sábado foi adiada devido ao movimento nas ruas para as compras de Natal. Juntas, a Ladeira dos Tabajaras e o Morro dos Cabritos têm mais de 3 mil habitantes.

Quando instalada, será a sexta UPP no Rio em sete comunidades pacificadas na cidade : os morros do Chapéu Mangueira e Babilônia, no Leme (zona sul), Santa Marta, em Botafogo (zona sul), e as favelas Cidade de Deus, em Jacarepaguá (zona oeste), e Jardim Batam, em Realengo (zona oeste).

Segundo o secretário de Segurança Pública do Rio, José Mariano Beltrame, a instalação da UPP nas duas favelas reforçará a proteção à orla de Copacabana, que faz parte do corredor turístico da zona sul. Faltarão, no entanto, Rocinha e Vidigal, em São Conrado.

Leia mais sobre: favelas

Leia também:

    Leia tudo sobre: bopefavelasrio de janeirotráfico de drogasviolência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG