Bombeiros tentam içar embarcação que virou em Manaus; buscas serão retomadas hoje

MANAUS - O Corpo de Bombeiros de Manaus, no Amazonas, deve terminar, ainda na manhã desta quarta-feira, o trabalho de içamento da embarcação que virou no Rio Negro, na tarde de terça-feira.

Redação com agências |

De acordo com a corporação, após a retirada do barco serão retomadas as buscas por possíveis vítimas do acidente. Na terça-feira, os corpos de uma menina e de uma mulher de cerca de 71 anos foram encontrados por mergulhadores dentro da embarcação "Karolina do Norte", segundo a Capitania dos Portos. A criança teria entre sete e dez anos e ainda não há informações sobre os pais dela.

185 passageiros a bordo

O barco, que iria de Manaus para Santarém, tombou no Rio Negro por volta das 13h30 desta terça-feira, segundo a Capitania dos Portos. De acordo com o Comando do Corpo de Bombeiros do Amazonas, cerca de 185 passageiros estavam a bordo.

Em nota, o Comando do 9º Distrito Naval disse que a embarcação estava atracada no Igarapé de Educandos, no centro de Manaus, e, ao tombar, lançou na água as pessoas que se encontravam a bordo. O acidente aconteceu próximo da margem, quando a embarcação estava sendo retirada da água em uma carreira, espécie de rampa em que o barco é colocado para que sejam feitos reparos em terra.

AE

Barco virou com 185 pessoas a bordo; bombeiros devem retomar buscas

O comandante Paulo Brito, da Capitania dos Portos, disse que o barco apresentou problemas mecânicos. "Quando a balsa começou a rebocá-lo, ele tombou, naufragando", afirmou.

De acordo com o comandante, 15 oficiais da Marinha trabalharam no local, com o auxílio de duas embarcações. Entre os passageiros, havia muitas crianças e idosos, segundo os bombeiros e muitas pessoas foram socorridas por populares. 

É possível que algumas pessoas tenham ficado dentro do barco, mas não foi encontrada nenhuma lista de passageiros, e ainda não se sabe o número exato dos que estavam a bordo. Também não há registro de feridos e de desaparecidos, segundo a Marinha.

De acordo com o comando do 9º Distrito Naval, não havia problemas com o registro da embarcação e as causas do acidente já estão sendo investigadas.

*Com informações da Agência Brasil e Estado


Leia mais sobre: embarcações

    Leia tudo sobre: acidentebarconaufrágio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG