Bombeiros tentam contato com barco que teria resgatado sete desaparecidos no ES

O assessor de imprensa do Corpo de Bombeiros do Espírito Santo tenente-coronel Samuel Rodrigues Barboza afirmou que às 14h desta segunda-feira a Marinha recebeu a informação de que um barco particular teria resgatado com vida as sete pessoas desaparecidas após naufrágio do barco de pesca catarinense Estrela do Mar 4, na madrugada de sábado, em Conceição da Barra, no litoral norte do Espírito Santo. Até as 20h45 desta segunda-feira (24/08), no entanto, o Corpo de Bombeiros não havia reestabelecido o contato com o barco e não pode confirmar o resgate.

Redação |

A informação foi dada por Odilon Nascimento, irmão do proprietário do barco Albatroz 4. De acordo com ele, os sobreviventes teriam sido levados para a Ilha de Abrolhos, próxima à divisa do litoral capixaba com o litoral baiano.

Polícia Militar
barco
Barco "Estrela do Mar 4"

O Corpo de Bombeiros e a Marina afirmam, ainda, que, se for necessário, farão mergulhos nesta terça-feira na área do naufrágio para fazer novas buscas.

Três helicópteros da Marinha, um de grande porte e outro menor, e uma aeronave da Polícia Militar (PM) do Espírito Santo estão ajudando nas buscas, além da Fragata Constituição com equipes de mergulhadores e dois navios patrulhas, um da Bahia e outro do Rio de Janeiro, segundo o capitão-de-mar-e-guerra da Capitania dos Portos do Espírito Santo, Paulo Bessa.

O barco, de aproximadamente 25 metros, foi encontrado virado flutuando com o casco para cima, a cerca de 35 quilômetros da praia de Itaúnas, por uma das embarcações usadas nas buscas.

De acordo com Paulo Bessa, os ventos fortes que atingiam a região no momento do acidente podem ter causado o naufrágio. Entre os 17 pescadores da empresa de pesca Oceânica Ltda, dez conseguiram entrar em um bote inflável e chegar até a praia e passam bem.

O Capitão dos Portos do Espírito Santo determinou a abertura de inquérito administrativo sobre o acidente, visando apurar suas causas e circunstâncias. A previsão de conclusão é de até 90 dias.

.
Exibir mapa ampliado

Leia mais sobre : naufrágio

    Leia tudo sobre: acidenteespírito santonaufrágio

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG