Bombeiros retomam buscas por crianças desaparecidas após chuvas em Osasco

SÃO PAULO - O Corpo de Bombeiros de Osasco, na Grande São Paulo, retomou as buscas, na manhã desta quarta-feira, por três crianças que estão desaparecidas desde terça-feira após um deslizamento de encosta no Morro do Socó.

Redação |

Segundo a corporação, o corpo de uma mulher foi encontrado na terça-feira e as crianças seriam filhas da vítima. Os bombeiros informam que se trata de três meninos, com dois, quatro e oito anos. Nesta quarta, cinco viaturas do Corpo de Bombeiros de Osasco estão no local, além de equipes dos bombeiros da cidade de São Paulo.

O trabalho de busca, conforme a corporação, é lento já que há o risco de novos desabamentos no local. As equipes usam enxadas para liberar o local. Às 12h30, os bombeiros vistoriaram os escombros com cachorros, mas não encontraram nada.

Em outra ocorrência nesta terça-feira, o desabamento de um muro de uma escola infantil localizada na rua Arbela, no bairro Cidade Antônio Estêvão de Carvalho, na zona leste de São Paulo, atingiu um imóvel e matou duas crianças, que foram encontradas no início da noite, informou o Corpo de Bombeiros.

Uma casa também desabou na avenida General Cavalcante de Albuquerque, número 690, na zona leste. Não houve vítimas.

Teto desaba

Na zona sul da capital, parte do teto do galpão de uma loja desabou nesta terça-feira. Os bombeiros informaram que o acidente não deixou vítimas e que aconteceu no rua Bom Pastor, no Ipiranga.

AE

Santa Catarina

Temporais com granizo e ventos acima de 100 km/h foram registrados na madrugada desta terça-feira em diversas regiões de Santa Catarina. No município de Guaraciaba, no extremo-oeste do Estado, quatro pessoas morreram e pelo menos 64 ficaram feridas. Segundo a Defesa Civil, 70% das residências na cidade estão danificadas devido às tempestades. 

No início da tarde desta terça-feira, os técnicos da Defesa Civil contabilizavam pelo menos 26 municípios com danos provocados pelas chuvas. No Oeste de Santa Catarina, o município de Caçador comunicou o destelhamento de 90 residências. Já o município de Abelardo Luz contabiliza prejuízos em cerca de 370 residências em virtude da forte chuva de granizo que caiu sobre a região.

Leia mais sobre: desabamentos

    Leia tudo sobre: chuvasdeslizamentodeslizamento de terra

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG