GUARUJÁ - As buscas pelo surfista Tony Andreo Vilela, de 32 anos, que desapareceu nesta manhã no mar do Guarujá, litoral sul de São Paulo, foram interrompidas às 18h30 e serão retomadas amanhã às 7 horas, pelo Corpo de Bombeiros.

Vilela sumiu em meios às ondas da Praia das Pitangueiras depois de resgatar dois surfistas que haviam sido lançados contra as pedras do Morro do Maluf. Os dois escaparam com pequenas escoriações.

Quinze homens do Corpo de Bombeiros trabalharam nas buscas, com o apoio de um helicóptero da Polícia Militar e um jet-ski.

Segundo o bombeiro Roberto Santos, Vilela estava na areia quando viu os dois rapazes se afogando e entrou no mar com sua prancha para ajudá-los. Ele os resgatou e os colocou em cima de uma pedra, mas perdeu a prancha e foi coberto por ondas.

Vilela chegou a ser avistado no mar por bombeiros, inconsciente, depois do acidente. O mau tempo e ondas de 1,5 a 2 metros, porém, dificultam as buscas, que devem seguir até as 18 horas.

Leia mais sobre: surfistas

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.