RIO DE JANEIRO - O Diário Oficial do Estado publicou nesta quarta-feira um decreto do governador do Rio de Janeiro, Sérgio Cabral (PMDB), que prevê a gratificação de R$ 500 para os bombeiros-militares destacados pela corporação para atuar no combate à dengue, segundo o site do governo fluminense. A designação deverá ser precedida de seleção interna. Quem já exerce os serviços especiais receberá o valor com efeito retroativo a 1º de março.

O pagamento está condicionado a partir da execução de diferentes  tarefas. Como a visita aos imóveis para controle mecânico, biológico ou químico de criadouros de mosquito transmissor da doença Aedes aegypti ; mobilização da população por meio de mensagens educativas e distribuição de material informativo durante as visitas; vedação de depósitos sem tampas, com colocação de capas ou qualquer outro recurso disponível com o fim de protegê-los e evitar a proliferação do mosquito.

Leia mais sobre: dengue

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.