BRASÍLIA - Um vazamento de óleo diesel foi detectado pela segurança do Banco Central e controlado pelo Corpo de Bombeiros na manhã deste sábado.

De acordo com os cálculos do capitão Julio Cesar Setubal, mais de 4 mil litros de óleo vazaram em uma área de 260 metros quadrados, no quarto subsolo do prédio. A expectativa dos bombeiros é retirar todo o líquido até o fim do dia.

Ainda segundo o Corpo de Bombeiros, neste momento, não há risco de incêndio.  O óleo diesel armazenado faz parte do sistema de geração de energia do prédio.

Leia mais sobre: vazamento de óleo

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.