Pedro Ferreira estava tomando banho às margens do rio Negro, na terça-feira, quando teria sido levado pela correnteza

Militares do Exército e Marinha brasileiros, com apoio de equipes de mergulhadores do Corpo de Bombeiros, retomaram nesta quinta-feira as buscas ao filho do deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP), que está desaparecido desde a última terça-feira, no Amazonas.

Segundo informações do blog oficial do deputado, Pedro Yamaguchi Ferreira, de 27 anos, desapareceu na manhã da terça-feira, após ter saído para tomar um banho nas águas do Rio Negro, em São Gabriel da Cachoeira.

De acordo com os bombeiros, as buscas são feitas apenas ao longo do dia, por conta da luminosidade. Quatro mergulhadores dos bombeiros dão apoio aos militares da Marinha e do Exército, que trabalham com seis embarcações da Marinha Brasileira. O deputado foi à região acompanhar as buscas.

"Viver profundamente"

Segundo nota no site da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB), Pedro é agente da Pastoral Carcerária e missionário leigo em São Gabriel da Cachoeira desde fevereiro deste ano. Atuou como advogado na Pastoral Carcerária da arquidiocese de São Paulo e há três meses estava em missão na Amazônia, integrando o Projeto Missionário Sul 1 - Norte 1 da CNBB.

Antes de viajar para São Gabriel da Cachoeira, Pedro postou no blog do pai uma carta explicando os motivos para sua viagem. "Essa decisão é fruto de um antigo desejo de viver mais profundamente na realidade social de nosso País, de sentir na pele o que as pessoas mais simples e esquecidas sentem. Gandhi diz: 'Temos de nos tornar na mudança que queremos ver'. Ou, você deve ser para o mundo aquilo que você quer que o mundo seja. Acho que esse sentimento resume minha decisão", diz o texto
.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.