Rio de Janeiro - O governo do Rio de Janeiro informou neste sábado, em sua página na internet, que uma equipe de 11 voluntários do Corpo de Bombeiros viaja ao Malauí, na África, para ajudar na busca ao economista brasileiro Gabriel Buchman, de 28 anos, desaparecido desde o último dia 17 durante uma escalada no Monte Mulanje.

Na manhã deste sábado, o secretário estadual de Saúde e Defesa Civil, Sérgio Côrtes, e o comandante-geral do Corpo de Bombeiros do estado, coronel Pedro Machado, apresentaram a equipe à mãe do brasileiro perdido na África, Maria de Fátima Buchman.

O encontro foi no Quartel Central do Corpo de Bombeiros, na Centro do Rio. Os quatro oficiais e sete soldados que irão reforçar as equipes de resgate mostraram à família do economista os equipamentos e as estratégias de salvamento na mata. O Malauí é um país do Sudeste da África que faz fronteira com Moçambique e Tanzânia.

Leia mais sobre desaparecimento

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.