Bomba é atirada contra ônibus e causa pânico no Rio

Uma bomba de fabricação artesanal explodiu na tarde de hoje na Rua Raul Pompeia, no trecho entre as ruas Joaquim Nabuco e Francisco Otaviano, em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro e causou pânico aos moradores da região. De acordo com as primeiras informações, dois homens em um carro desembarcaram e arremessaram o artefato contra o ônibus.

iG Rio de Janeiro |

O veículo, cujo ponto final fica poucos metros adiante do local onde o artefato explodiu, não transportava passageiros.

Depois da explosão, o motorista do ônibus da linha 455, que faz o trajeto Méier-Copacabana, desceu do veículo e, com um extintor de incêndio, conseguiu debelar o fogo. Apenas a lanterna dianteira do lado direito do ônibus foi avariada.

Ontem, um ônibus da Viação Real pegou fogo também em Copacabana. O coletivo estava parado no ponto final e, como não havia passageiros e o motorista estava em um bar próximo, ninguém ficou ferido. Com medo, comerciantes que ainda estavam trabalhando fecharam as portas de seus estabelecimentos. A suspeita é de que a ação seja uma represália de traficantes do morro Pavão-Pavãozinho, onde policiais atuam desde ontem para acabar com o tráfico de drogas e instalar uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP).

Operação na favela

Cerca de 70 soldados do Batalhão de Operações Policiais Especiais (Bope) realizam uma operação na segunda-feira na favela Pavão-Pavãozinho, em Copacabana, zona sul do Rio de Janeiro. De acordo com a Secretaria Estadual de Segurança, a ação faz parte da instalação de uma Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) na comunidade.

A incursão na favela Pavão-Pavãozinho contou com o apoio de veículos blindados, helicópteros e homens do Batalhão de Choque (BPChoque). Houve troca de tiros na chegada dos policiais ao local, mas não há informações sobre feridos. Atualmente, existem cinco UPP´s no Rio: morro Dona Marta, Cidade de Deus, favela do Batan, e morros Chapéu Mangueira e Babilônia.

*Com Agência Estado

Leia mais sobre violência no Rio

    Leia tudo sobre: violência

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG