Polícia chegou a tempo de evitar danos. Carta encontrada com o explosivo dizia que objetivo era "provocar pânico" na população.

Uma bomba de fabricação caseira foi descoberta nesta quinta na enfermaria do Hospital do Bairro Monte Castelo, na região sul de Teresina (PI). O artefato foi detonado por homens do Grupo de Ações Táticas Especiais (Gate) da Polícia Militar piauiense. Apesar do susto, ninguém ficou ferido.

Segundo informações da direção do hospital, o objeto foi colocado em uma caixa de sapato, ao lado de um bebedoro, amarrado com um relógio e ao lado havia um envelope cuja carta dizia apenas que a bomba tinha o intuito de “provocar pânico” na população. Os diretores classificaram o episódio como “uma brincadeira de mau gosto”.

Os policiais do Gate informaram que a bomba tinha baixo poder de destruição. Mesmo assim, pacientes ficaram assustados com a situação. O explosivo foi retirado do hospital por volta das 19h e detonado na área externa da unidade de saúde.

A PM já encontrou outros objetos parecidos no Hospital do Bairro Monte Castelo. Uma delas explodiu um vaso sanitário. Por precaução, a Polícia Militar do Piauí irá intensificar o policiamento no local.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.