Bolsa Universidade, de SP, recebe inscrições até quarta

O estudante universitário interessado em trabalhar como voluntário na rede de ensino público e ter 50% da mensalidade do seu curso paga pelo governo do Estado de São Paulo, com teto de R$ 267, tem até quarta-feira para se inscrever no processo seletivo do programa Bolsa Universidade. Este ano, a Secretaria da Educação do Estado oferece 8 mil bolsas de estudo a universitários que ainda não recebem financiamento educacional público e tenham tempo disponível nos fins de semana para ministrar atividades em escolas da rede pública.

Agência Estado |

Para participar, o estudante deve estar matriculado em uma instituição de ensino superior conveniada ao programa.

O Bolsa Universidade faz parte do programa Escola da Família, que oferece nos finais de semana atividades educativas e recreativas a comunidades vizinhas às escolas públicas. O objetivo do governo é tirar as crianças das ruas e do ambiente de violência em que vive parcela dos jovens paulistas. Os bolsistas são treinados por profissionais e cumprem carga horária de 12 horas por fim de semana.

De acordo com dados da Secretaria da Educação, cerca de 11 mil jovens universitários paulistas já dedicam seus finais de semana ao Escola da Família e, em contrapartida, têm seus estudos custeados em convênio com 223 instituições particulares de ensino superior. "A medida contribui para ampliar as oportunidades e democratizar o acesso ao ensino superior", resume o secretário da Educação, Paulo Renato Souza.

Para participar do Bolsa Universidade, o estudante deve acessar o site do programa Escola da Família ( http://escoladafamilia.fde.sp.gov.br ) e clicar na opção "Candidato". O universitário pode consultar quais são as instituições de ensino cadastradas no programa e fazer a inscrição.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG