Bolivianos são presos por suspeita de escravizar colegas

Três bolivianos foram presos hoje sob suspeita de manter compatriotas em regime de trabalho escravo em uma confecção no Bom Retiro, bairro na região central de São Paulo. A Secretaria de Segurança Pública (SSP) informou que os detidos responsáveis pela confecção forçavam 15 pessoas a trabalhar 17 horas por dia, em média.

Agência Estado |

Eles foram presos em três apartamentos de um edifício na Rua Afonso Pena, por agentes da 3ª Delegacia Sobre Infrações do Meio Ambiente e Relações do Trabalho, do Departamento de Polícia de Proteção à Cidadania (DPPC)

A polícia investiga se a confecção colocava etiquetas falsas de grifes famosas nas roupas.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG