Bolivianos lideram pedidos para regularizar situação no Brasil

SÃO PAULO (Reuters) - Os bolivianos lideraram pelo terceiro mês consecutivo, em novembro, o número de pedidos entregues à Polícia Federal para regularizar sua situação no país, com 4.363 requerimentos registrados, informou a PF nesta quinta-feira. Os estrangeiros que chegaram ao país até 1o de fevereiro deste ano são beneficiados pela Lei da Anistia, que entrou em vigor em julho. Desde o início da operação, em 23 de julho, foram atendidas 25.773 pessoas que estavam em situação irregular no país.

Reuters |

Segundo a PF, desde que a lei começou a vigorar 14.425 bolivianos fizeram a solicitação, seguidos por 2.809 paraguaios, 2.731 chineses, 2.042 peruanos e 852 coreanos.

"Observamos que dos 35.000 anistiados em todo o Brasil, quase 26.000 pessoas foram atendidas em São Paulo, sendo que 5.760 atendimentos já estão agendados até o dia 10 de dezembro", afirmou a PF em comunicado.

O prazo para apresentar o requerimento de regularização acaba em 30 de dezembro.

(Por Bruno Marfinati)

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG