Bolívia de Morales era sonho de Che, diz Benicio del Toro

BOGOTA - O ator porto-riquenho Benicio del Toro, protagonista do filme Che, sobre o guerrilheiro Ernesto Che Guevara, declarou hoje à Agência Efe que a Bolívia atual, presidida por um indígena como Evo Morales, era o sonho do líder revolucionário.

EFE |

Del Toro, que interpreta o mítico líder revolucionário morto em 1967 na Bolívia, é um dos convidados especiais do 49° Festival Internacional de Cinema de Cartagena, que começou na sexta-feira neste balneário do Caribe colombiano.

"Acho que a nova Bolívia de Evo é um dos sonhos de Che. Seria impossível imaginar naquela época que um boliviano indígena fosse eleito pelo povo e reconhecido como presidente", assinalou.

O ator preferiu não comentar sobre as guerrilhas colombianas ou os Governos socialistas da América Latina, por considerar que não conhece bem o que está ocorrendo na região.

Del Toro, de 41 anos, venceu em 2000 o Oscar como Melhor Ator coadjuvante pelo filme "Traffic", e por seu trabalho em "Che" ficou com o prêmio de Melhor Ator no Festival de Cannes. EFE gta/mh

    Leia tudo sobre: bolívia

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG