Boca de urna no Equador indica reeleição de Correa

As pesquisas de boca de urna da eleição para presidente do Equador indicam que Rafael Correa conquistou um novo mandato. Uma pesquisa do instituto Santiago Perez Investigacion y Estúdios, divulgada ao término da eleição de hoje, mostrou Correa com maioria de 54%, suficiente para uma vitória no primeiro turno.

Agência Estado |

O mesmo porcentual é apontado por pesquisa do governo. Segundo o Instituto Cedatos-Gallup International, Correa obteve 55,2% dos votos.

Bem atrás em todas as pesquisa ficou o ex-presidente Lúcio Gutierrez. Ele apareceu com 31% dos votos na boca de urna do instituto Santiago Perez, com 27,7% no Cedatos e 29% nas pesquisas do governo. Para se reeleger em primeiro turno, Correa precisa de, pelo menos, 40% dos votos válidos e ter uma margem de mais de 10 pontos porcentuais acima do próximo rival.

Correa, socialista de estilo próprio, iniciou um mandato de quatro anos em janeiro de 2007. Uma nova Constituição aprovada no ano passado, no entanto, permitiu novas eleições gerais. A nova Constituição também permitirá que Correa, se for mesmo reeleito agora, busque outro mandato de quatro anos em 2013.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG