Tamanho do texto

O BNDES informou hoje, por meio de nota, sua posição sobre notícias de envolvimento de integrantes do banco em possíveis atividades de desvio ilegal de verbas, apuradas na Operação Santa Tereza da Polícia Federal (PF). Segundo informações divulgadas por jornais, relatório da PF aponta que João Pedro de Moura, ex-assessor do deputado Paulo Pereira da Silva (PDT), o Paulinho, se reuniu com integrante da cúpula do banco.

No comunicado, o banco ressalta que, como parte da rotina, funcionários do BNDES recebem interessados em apresentar projetos. "Neste sentido, a ocorrência de reuniões ou de telefonemas não implica envolvimento com atividades ilícitas." E ainda, a "PF informou ao BNDES que não há nenhum indício de envolvimento de funcionários do banco no esquema investigado pela Operação Santa Tereza."

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.