BNDES libera R$ 400 milhões para construção da Arena Pernambuco

Estádio será construído em São Lourenço da Mata, na região metropolitana de Recife, e terá capacidade para 46.154 pessoas

Renata Baptista, iG Pernambuco |

O BNDES (Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social) divulgou nesta quinta-feira a aprovação de financiamento no valor de R$ 400 milhões para viabilizar a construção da Arena Pernambuco, que vai sediar jogos da Copa de 2014 no Estado.

A Arena Pernambuco será construída em São Lourenço da Mata, na região metropolitana de Recife, e terá capacidade para 46.154 espectadores em uma área construída de 129.581 m².

O campo segue o modelo europeu. Sem alambrado nem fosso, terá cinco tipos de arquibancada, camarotes e tribuna de honra cobertos. Será dotado de assentos individuais, numerados e à prova de fogo, sinalização interna e externa trilíngue e sistema de monitoramento por câmeras. O campo de jogo será ao ar livre. O estacionamento terá 6.000 vagas, sendo 1.600 delas subterrâneas.

O prazo de construção está estimado em 30 meses.

O empréstimo será concedido ao governo do Estado e representa 75% do valor previsto para a obra, conforme limite estabelecido pelo programa BNDES ProCopa Arenas.

A administração do estádio será feita por meio de uma PPP (Parceria Público Privada). A operação e manutenção da arena serão de responsabilidade do consórcio Cidade da Copa, formado por empresas da Odebrecht S/A pelo período de 33 anos.

A previsão é que sejam gerados 1.500 empregos diretos e 7.500 indiretos na fase de construção, e 1.100 diretos e 3.300 indiretos na fase operacional.

De acordo com o governo de Pernambuco, o projeto "Cidade da Copa" prevê, além da contrução do estádio, um conjunto habitacional, um centro comercial, hotéis e outros investimentos privados, cujos valores somados chegam a um total de R$ 1,6 bilhão.

O BNDES recebeu pedidos de financiamento para construção de arenas da Copa de 2014 em seis Estados: Amazonas, Bahia, Ceará, Mato Grosso, Rio de Janeiro e Pernambuco. Destes, Amazonas, Bahia, Ceará e Mato Grosso já efetuaram a contratação, o que possibilita o desembolso dos valores.

    Leia tudo sobre: Copa 2014PernambucoSão Lourenço da Mata

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG