Bispos da Renascer pedem suspensão do pedido de extradição para o Brasil

SÃO PAULO - Os bispos e fundadores da Igreja Renascer em Cristo, Estevan Hernandes Filho e Sonia Haddad Moraes Hernandes, entraram com um pedido de habeas-corpus, com liminar, no Supremo Tribunal Federal (STF). Eles querem a suspensão do pedido de extradição solicitado pelo Brasil aos Estados Unidos, onde também possuem residência. O casal é acusado de lavagem de dinheiro praticado por meio de organização criminosa.

Redação |

Os bispos afirmam que o STF, ao se mostrar favorável à extradição, contrariou o que determina o Acordo de Extradição entre Brasil e EUA, segundo o qual o crime de lavagem de dinheiro não é passível de extradição. 

A defesa do casal argumenta que o pedido de extradição, apresentado pela 1ª Vara Criminal em São Paulo e mantido pelo TJ-SP e STJ, deve ser suspenso e, posteriormente, revogado por não apresentar fundamentação legal. A ordem de prisão foi expedida também pela 1ª Vara Criminal paulista.

Leia mais sobre: Renascer

    Leia tudo sobre: renascer

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG