Bilionário mexicano concede empréstimo ao NYT

NOVA YORK ¿ O bilionário mexicano Carlos Slim concordou na noite de segunda-feira em conceder à empresa New York Times, que passa por graves problemas financeiros, um empréstimo de 250 milhões de dólares para que o grupo administre as crescentes dívidas.

AFP |

A quantia permitirá à New York Times Company financiar sua dívida, especialmente um crédito permanente que vence em maio, informou a diretora geral do grupo, Janet Robinson.

O empréstimo de Slim, um dos homens mais ricos do planeta, será feito por meio das empresas Banco Inbursa e Inmobiliaria Carso.

O New York Times, que assim como outros grupos de imprensa tradicionais passa por uma situação delicada, terá que pagar um preço alto pela ajuda do mexicano: o empréstimo tem uma taxa de juros anual de 14,053%, dos quais 3% poderão ser quitados em espécie.

O NYT não poderá reembolsar antes de três anos e a nova compra de títulos será de 105% do valor nominal.

A operação com títulos preferenciais permitirá que a participação da família Sulzberger no New York Times não seja reduzida.

As empresas de Slim receberam o direito de comprar até 15,9 milhões de ações ordinárias a um preço de 6,3572 dólares por título. A ação do NYT tinha cotaçãode US$ 6,41 na sexta-feira.

Se exercer o direito, Slim pode adquirir 11% do capital ordinário do grupo, do qual já possui 6,9%.

No entanto, o próprio NYT reconhece que o acordo com o empresário mexicano não terminará com os problemas financeiros do grupo.

    Leia tudo sobre: imprensa

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG