A candidatura do senador Tião Viana (PT-AC) à presidência do Senado recebeu hoje o reforço do presidente do PT, Ricardo Berzoini. Em nota divulgada no site do partido, o deputado afirma que a eleição do petista é uma questão de bom senso e a garantia do equilíbrio de forças da base governista no Congresso.

"É mais do que razoável, portanto, que haja a contrapartida do apoio peemedebista a Tião Viana no Senado. Não se trata de pré-condição, mas de uma questão de bom senso", disse.

Berzoini lembrou que o PT fechou questão em torno da candidatura do deputado Michel Temer (PMDB-SP) para a presidência da Câmara, mantendo o acordo entre os dois partidos, firmado em 2007. Ao elogiar Tião Viana, o presidente do PT ressaltou que ele "tem todas as condições de tratar a Presidência do Senado como uma questão institucional e não partidária". "Por isso, agora, tem o apoio de vários senadores da base e até da oposição", destacou.

Tião Viana, por sua vez, passou o dia em seu gabinete telefonando para senadores para confirmar ou não o apoio ao seu nome. Já o presidente do Senado, Garibaldi Alves (PMDB-RN), que disputa a reeleição, permaneceu na residência oficial do Senado, também fazendo campanha por telefone.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.