O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, disse hoje que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva quer conceder reajuste aos benefícios do programa Bolsa Família. Segundo o ministro, a forma desse reajuste ainda não está definida, e isso só será feito em agosto.

Bernardo declarou-se contrário ao reajuste dos benefícios dos aposentados da Previdência Social que recebem valores superiores ao salário mínimo.

O ministro do Planejamento, no entanto, não quis falar sobre as negociações em torno do projeto que acaba com o fator previdenciário, em tramitação na Câmara dos Deputados. "Isso está sendo tratado dentro do Congresso. Foram feitos contatos com os ministérios da Fazenda e da Previdência, mas eu não estava", disse.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.