não envelheceu - Brasil - iG" /

Bernardo diz que Orçamento de 2009 não envelheceu

O ministro do Planejamento, Orçamento e Gestão, Paulo Bernardo, afirmou hoje que a proposta de Orçamento de 2009 encaminhada ao Congresso Nacional não envelheceu. Por isso, segundo ele, o governo não tem conversado sobre mudanças nos parâmetros da proposta.

Agência Estado |

"Não temos conversado sobre isso com o ministro Mantega, com a ministra Dilma e muito menos com o presidente Lula", disse. Ele lembrou que o governo não pode modificar proposta que já foi encaminhada ao Congresso, mas avaliou que, se houver necessidade de mudanças, elas serão discutidas na Comissão de Orçamento do Congresso. "Não podemos fazer nada de forma unilateral", ponderou o ministro.

Bernardo disse hoje que conversou com o presidente da Comissão de Orçamento, deputado Mendes Ribeiro (PMDB-RS), sobre a matéria publicada hoje no jornal O Globo , segundo a qual o governo estaria prevendo mudanças no Orçamento em razão dos efeitos da crise externa sobre a economia brasileira, e negou o conteúdo da reportagem. Ele afirmou que a proposta foi encaminhada há apenas 30 dias e que por enquanto não vê necessidade de mudança no texto.

Questionado se a previsão de crescimento de 4,5% do Produto Interno Bruto (PIB) para 2009 estaria mantida, o ministro respondeu que sim, complementando que conversou hoje com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva, que teria determinado à equipe econômica que fossem mantidos os investimentos. "Não vamos parar os investimentos, não vamos parar os projetos", afirmou, reproduzindo, segundo ele, as palavras do presidente.

Manifestando irritação com o clima de pessimismo em torno do impactos da crise no Brasil, o ministro disse que o governo "não está fingindo que não tem crise, mas que tem muita gente que fica torcendo contra o Brasil". "Está parecendo conversa de boteco", finalizou.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG