Berlim inaugura cinema de luxo que serve sushi e champanhe francês

Gemma Casadevall. Berlim, 27 dez (EFE).- Em tempos de crise financeira, a capital alemã, Berlim, ganhou um cinema de luxo: o Astor Lounge, com poltrona de pele reclinável, taças de champanhe francês e sushi em vez da tradicional pipoca.

EFE |

O local se assemelha à primeira classe de uma companhia aérea, mas com preço bem mais acessível - o ingresso custa dez euros, três a mais que o valor para assistir a um filme em qualquer sala do centro de Berlim.

Chamado de Filmpalast por décadas, o agora Astor Lounge fica na Ku'Damm, uma das mais famosas avenidas da capital alemã.

O local, remodelado e reaberto esta semana, tem como missão enfrentar a crise oferecendo ao visitante serviços inimagináveis no circuito da cidade.

Em declarações à Agência Efe, o proprietário do cinema, Hans-Joachim Flebbe, explica que entre os mimos aos clientes estão espaço para esticar as pernas e tortas de chocolate ou baunilha, com direito a capuccino de cafeteira italiana.

O preço da entrada inclui apenas o prazer de esticar as pernas, além da poltrona de pele e uma taça de um espumante alemão ou um coquetel sem álcool, serviço de guarda-roupa e algum outro detalhe a mais.

O catering inclui, entre outras coisas, sushi e taças de "Veuve Clicquot".

Se alguém se conformar com o coquetel de boas-vindas e com uma torta, servida na mesinha junto à poltrona, o programa continua sendo acessível. Mas, se a pessoa entrar no cinema com fome, a sessão pode sair bem mais cara - cerca de 15 euros, por um mini-menu, ou entre 120 e 200 euros se incluir o champanhe francês.

"Nós ficamos satisfeitos com café e um pouco de bolo", comenta uma aposentada que foi ao cinema na tarde do Natal com seu filho, um dentista que trabalha em Cottbus, uma cidade do leste alemão.

"Um pouco de luxo para aliviar meu exílio", diz ele.

O público do Astor Lounge é, além disso, variado: inclui casais, mães e filhos, e uma vistosa representação da comunidade gay berlinense.

"Nossa oferta é para todo tipo de público", explica o proprietário. É a primeira sala comercial destas características da capital alemã, a modo de experiência, acrescente Flebbe.

Uma discreta equipe de garçons e garçonetes serve as taças, tortas e outras especialidades nas mesinhas junto à poltrona durante os trailers. Quando a luz se apaga, termina o serviço.

O filme pensado para a estréia foi "Austrália", do diretor Baath Luhrmann, e que tem no elenco Nicole Kidman e Hugh Jackman.

Transformar o Filmpalast no Astor Lounge custou 800 mil euros. O interior conserva o aspecto de sala clássica e elegante, agora enriquecida com os assentos de pele e o espaço extra.

"Até meu filho pôde estender as pernas à vontade e dormir durante parte do filme", comenta no final a aposentada, cujo filho mede aproximadamente dois metros. EFE gc/ab/mh

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG