O portorriquenho Benicio del Toro foi homenageado na noite deste domingo com o prêmio de Melhor Ator da 61ª edição do Festival de Cannes por seu papel em Che, do americano Steven Soderbergh.

Benicio del Toro dedicou seu prêmio "ao homem que inspirou este filme, Che Guevara", e agradeceu aos produtores e ao diretor da produção.

A interpretação de Del Toro como o lendário guerrilheiro argentino se destacou no filme de Soderbergh, todo falado em espanhol e dividido em duas partes, com mais de quatro horas de duração no total.

A primeira etapa do filme reconstrói com detalhes o processo iniciado em 1956 com a viajem de Fidel Castro e 80 rebeldes a Cuba e culmina com a entrada dos revolucionários em Santa Clara, em 1959, e a derrubada do ditador cubano Fulgencio Batista.

A segunda começa com a leitura da carta de despedida de Che por Fidel Castro, escrita antes que o célebre revolucionário deixasse Cuba, e segue sua vida na Bolívia, até sua morte na selva.

jmr/mc/ap

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.