Benedito Ruy Barbosa rebate declarações de Monjardim

Pela primeira vez desde que entrou com ação na Justiça contra o SBT, para impedir a reprise da novela Pantanal , o autor Benedito Ruy Barbosa se manifestou sobre a novela escrita por ele há 18 anos para a Rede Manchete. Barbosa rebateu o diretor Jayme Monjardim, responsável pela direção de Pantanal - Monjardim falou ao suplemento TV & Lazer , do jornal O Estado de S.

Agência Estado |

Paulo, no último domingo.

"Não sei por que o Monjardim está falando tanto sobre Pantanal se ele só dirigiu os 20 primeiros capítulos. Depois, ficava na emissora e volta e meia palpitava na edição da novela", acusa Barbosa. O autor também chama para si a concepção estética do folhetim. "O ritmo da novela estava no meu texto. Ele (Monjardim) queria juntar os três primeiros capítulos em um. Eu disse que não queria o estilo videotape da Globo, e sim o ritmo da voz do pantaneiro, das águas do Pantanal, do canto do tuiuiú."

Procurado pelo Estado novamente, Monjardim evitou polemizar. "Não foi bem assim, mas Pantanal não merece que depois de 18 anos eu entre nessa discussão", reagiu.

Barbosa disse que tem recebido apoio de muitos atores. "Mas eles me pedem que não tire a novela do ar. Não quero tirar, mas se a Justiça entender que é justo, isso vai acontecer. Vou manter o processo." No último dia 24, em votação unânime, a 4ª Câmara de Direito Privado de São Paulo julgou procedente o recurso de Barbosa que obriga o SBT a apresentar documentos que comprovem seus direitos sobre a reprise. O canal de Silvio Santos informou ontem que ainda não foi notificado.

Barbosa também discorda de Monjardim sobre um possível remake de Pantanal . Para o diretor, "seria impossível refazer esse momento emocional". O autor assegura que vendeu os direitos do texto à Globo em 2006 - embora tenha sido procurado antes pelo SBT - porque a rede lhe teria prometido um remake. Ao Estado, um diretor do alto escalão da Globo afirmou que um remake não está nos planos da casa porque "a comparação com o original seria um fardo muito pesado para a rede". As informações são do jornal O Estado de S. Paulo.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG