Beltrame diz que não pode garantir fim de crimes de PMs

O secretário de Segurança do Rio, José Mariano Beltrame, disse hoje que não pode garantir que não haverá outros casos como o do menino João Roberto Amorim Soares, de 3 anos, morto no domingo por policiais, mas afirmou que a situação na cidade está sob controle. Não podemos garantir que não terão outros, mediante o universo de atuação da polícia.

Agência Estado |

Mas não se pode ter uma leitura da realidade do Rio baseada em fragmentos trágicos", declarou.

Ele esteve hoje de manhã na 19ª DP, na Tijuca, zona norte, onde o caso é investigado. O secretário não encontrou o delegado Walter Oliveira, responsável pelo inquérito - Oliveira teria ido ao Instituto Médico Legal buscar o laudo da perícia feita no carro da família e no corpo do garoto assassinado. "Essa tragédia não será minimizada (caso o fragmento encontrado na cabeça de João seja) por bala de fuzil ou pistola", disse Beltrame.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG