Bebê morre após ser agredido pelo padrasto em Santa Catarina

De acordo com o delegado Fernando Lúcio Mendes, a criança vinha sofrendo as agressões havia algum tempo

AE |

selo

Um bebê de um ano e quatro meses morreu após ser vítima de maus-tratos, em Campo Alegre (SC). A criança teria levado um soco do padrasto na região do abdome. De acordo com o delegado Fernando Lúcio Mendes, a criança vinha sofrendo as agressões havia algum tempo. "Vamos investigar também se a mãe teve envolvimento no caso, ou por omissão ou por ter praticado maus-tratos junto com o padrasto", explica.

Segundo a Polícia Civil, na segunda-feira a mãe da criança saiu de casa, no bairro Vila Cedro, para ir a Jaraguá do Sul, deixando a filha sob cuidados do companheiro, com quem mora há cerca de nove meses. Em depoimento, o padrasto alegou que o bebê começou a chorar e para que ela parasse ele deu um soco na criança. Depois de um tempo, ela parou de chorar. Mais tarde ele teria dado leite em uma mamadeira para a bebê, mas ela acabou se engasgando.

O padrasto então acionou os bombeiros, que levaram o bebê para o Hospital Salvatoriano São Luís, mas ela chegou morta, de acordo com a polícia. As enfermeiras do hospital verificaram que a criança apresentava várias agressões pelo corpo, como arranhões e queimaduras nas pontas dos dedos das mãos e dos pés, e resolveram acionar o Conselho Tutelar, que chamou a polícia. O padrasto foi preso em flagrante nos arredores do hospital.

O suspeito foi levado para o presídio do município de Mafra e foi indiciado por tortura. Inicialmente ele negou as agressões, mas durante depoimento confessou que batia no bebê quando ela começava a chorar. O laudo que está sendo feito pelo Instituto Geral de Perícias deve sair hoje, segundo a polícia. Ontem, o delegado entrou em contato com o perito, que adiantou que a causa da morte da criança foi uma lesão no fígado, consequência da agressão. As investigações serão feitas agora pela Delegacia da Mulher.

    Leia tudo sobre: agressãobebê

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG