Pais afirmaram que filho havia comido um biscoito, mas socorristas desconfiaram dos sintomas da criança

selo

Um bebê de nove meses está internado há uma semana por ter ingerido crack em Araquari, no Estado de Santa Catarina. A criança foi socorrida pela Polícia Militar (PM) em estado grave e levada para a Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Os pais afirmaram que o filho havia engasgado enquanto comia um biscoito, mas os socorristas desconfiaram dos sintomas do menor.

O delegado Raphael Souza Werling de Oliveira pediu que fosse realizada uma análise na urina da criança para descobrir qual substância teria causado o sufocamento. O laudo feito pelo Instituto Geral de Perícias de Santa Catarina confirmou que a criança havia ingerido o entorpecente. O resultado do exame foi entregue ontem à delegacia de polícia do município, que investiga o caso. Segundo a polícia, o bebê continua internado em um hospital em Joinville, mas não corre o risco de morrer.

Os pais do bebê foram indiciados por lesão corporal grave. Oliveira afirmou que pretende finalizar o inquérito ainda hoje. A Justiça irá determinar com quem ficará a guarda da criança.

    Faça seus comentários sobre esta matéria mais abaixo.