Bebê de três meses tem os olhos e a boca colados em Maceió

MACEIÓ ¿ Uma menina de três meses de idade teve as pálpebras e os lábios grudados por cola de secagem rápida no final da noite deste domingo, em Maceió, capital de Alagoas. De acordo com a polícia, a ex-namorada do pai do bebê, de 14 anos, é a principal suspeita de ter passado cola na criança.

Redação |

O pai da menina, Adelmo Expedito da Silva, de 21 anos, contou à polícia que a filha foi sequestrada de sua casa pela ex-namorada na noite deste domingo, por volta das 22h, enquanto ele e a esposa, de 16 anos, dormiam.

Ao acordarem com o choro do bebê e notarem o sumiço da criança,  Adelmo achou uma sandália na porta de sua casa que era da ex-namorada. O pai da criança disse que vinha sofrendo ameaças da jovem de 14 anos desde que se separou dela, há cerca de um ano.

Segundo a polícia, a menina de 3 meses foi encontrada por volta das 2h da madrugada desta segunda-feira em um local próximo à casa dos pais. Ela foi encaminhada para o pronto-socorro de um hospital da região, medicada e recebeu alta na manhã de hoje. De acordo com os médicos, o seu estado de saúde é bom.

Soldados do 5º Batalhão de Polícia Militar encontraram a jovem de 14 anos em um condomínio localizado na periferia de Maceió. Ela foi encaminhada para a Delegacia da Criança e do Adolescente, onde prestará depoimento.

De acordo com a polícia, a jovem chegou à unidade policial negando ter colado a criança. Um inquérito será aberto e o caso vai ser repassado ao Juizado da Infância e da Juventude.

Leia mais sobre: agressões

    Leia tudo sobre: violência contra crianças

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG