Bayer diz que analisará notificações da Anvisa

A Bayer CropScience divulgou um comunicado hoje confirmando a inspeção realizada de 23 a 25 de setembro em sua fábrica localizada em Belford Roxo (RJ), pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). A Bayer explica que forneceu todas as informações e prestou todo suporte necessário aos fiscais do órgão regulador durante esta operação.

Agência Estado |

Em relação à notícia divulgada pela Anvisa sobre a interdição de 12 produtos da empresa, a Bayer CropScience esclarece que "analisará todas as notificações geradas durante a fiscalização e, dentro do prazo estipulado, apresentará as informações e documentos solicitados para o esclarecimento dos fatos".

Na nota, a empresa ratifica que todos os processos produtivos de sua linha de defensivos agrícolas seguem os mais rigorosos padrões técnicos e de qualidade, além de trabalhar somente com produtos devidamente registrados pelos órgãos regulatórios brasileiros. "Por isso, reforça que atua de forma responsável, prezando sempre pela segurança de seus produtos - desde a produção até a sua utilização no campo e posterior descarte."

A empresa observa que, antes da colocação no mercado, os produtos passam pela análise e aprovação de três órgãos regulatórios - Anvisa, Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento e Ibama - "que avaliam cuidadosamente, dentre outros aspectos, a sua segurança para os seres humanos, animais e meio ambiente. Com mais de 113 anos de atuação no Brasil e sempre pautada pela ética e respeito aos seus clientes, fornecedores, parceiros, colaboradores e sociedade em geral, mais uma vez a Bayer CropScience reforça que trabalhará intensamente para que todos os fatos sejam esclarecidos o mais breve possível".

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG