Base governista pode ter 2 candidatos, admite Campos

O governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), afirmou hoje que o resultado da mais recente pesquisa CNI/Ibope - divulgado ontem - mostra que o conjunto dos apoiadores do presidente Lula é majoritário e, se o quadro atual se mantiver até março de 2010, o bloco governista poderá ter dois candidatos à presidência: a ministra-chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff (PT), e o deputado Ciro Gomes (PSB-CE). De acordo com a pesquisa sobre o cenário eleitoral para 2010, o governador paulista, José Serra (PSDB), continua liderando as intenções de voto para a presidência da República, com 34%; a ministra Dilma tem 14% e foi alcançada por Ciro Gomes, que também tem 14%.

Agência Estado |

Na avaliação de Eduardo Campos, até os 6% atribuídos à senadora Marina Silva, do PV, podem ser computados mais para o lado do governo do que da oposição. "Pela sua trajetória, Marina está mais próxima do nosso campo do que oposicionista", disse o governador.

Ao comentar o crescimento das intenções de voto em Ciro Gomes, ele afirmou que, se o mesmo cenário se mantiver até março do próximo ano, o bloco governista poderá ter dois candidatos à Presidência da República: Ciro e Dilma.

Campos disse que o presidente Luiz Inácio Lula da Silva prefere ter todos os partidos da base aliada engajados na mesma candidatura. "A liderança da sucessão presidencial é do presidente Lula, e vamos continuar ouvindo o presidente, mas, se o cenário continuar assim até março, deveremos ter mais uma candidatura", afirmou o governador.

    Leia tudo sobre: iG

    Notícias Relacionadas


      Mais destaques

      Destaques da home iG